Concurso STM 2018: definida banca organizadora

Início » Destaque » Concurso STM 2018: definida banca organizadora

Quem está de olho em uma das vagas do próximo concurso STM 2018 pode começar a direcionar os estudos para o perfil da banca escolhida

By | 2017-12-08T20:31:38+00:00 04 de dezembro de 2017|Destaque, Tabelas e editais esquematizados|

concurso STM 2018 autorizado definida bancaQuem está de olho em uma das vagas do próximo concurso STM 2018 (Superior Tribunal Militar) pode começar a direcionar os estudos para o perfil da banca escolhida.

A organização do próximo certame ficará por conta do Cebraspe – Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (antigo Cespe).

O concurso público está autorizado para provimento de 42 vagas mais a formação de cadastro de reserva.

As oportunidades são para os cargos de Analista Judiciário e Técnico Judiciário nos níveis médio e superior.

O salário inicial do STM e da Primeira Instância da JMU é de R$ 10.119,93 para analista judiciário e R$ 6.167,99, para técnico judiciário.

Vagas

Apesar de ter sido anunciado o número de vagas, 42, até a publicação do edital, o quantitativo de cargos vagos pode sofrer alterações em virtude de aposentadorias de servidores.

De acordo com o site do STM, as vagas distribuídas serão para os cargos de Analista Judiciário nas seguintes áreas:

  • Judiciária;
  • Administrativa;
  • Apoio Especializado/Análise de Sistemas;
  • Apoio Especializado/Contabilidade;
  • Apoio Especializado/Engenharia Civil;
  • Apoio Especializado/Estatística e
  • Apoio Especializado/Revisão de Textos.

Já para o cargo de Técnico Judiciário as áreas são as seguintes: Administrativa e Apoio Especializado Programação.

Último concurso público do STM

Em 2010, foi realizado o último concurso do STM para provimento de 170 vagas para os cargos de analista e técnico judiciários foi realizado em 2010.

As vagas foram distribuídas para as capitais do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Belém, Campo Grande, Fortaleza, Brasília e Manaus.

Ainda houve contratação para as cidades de Santa Maria, Bagé e Juiz de Fora; locais onde há sedes da Justiça Militar da União.

Na ocasião, o CESPE/UnB foi a banca examinadora que realizou a seleção.

Provas

Os candidatos aos cargos de Analista da área Judiciária e Analista da área Administrativa foram avaliados por meio de provas objetivas com duração de quatro horas e meia (4h30).

Quem concorreu ao cargos de Analista Judiciário – todas as áreas/especialidades/ramos, ainda foi submetido a uma prova discursiva

Já os que optaram pelos cargos de nível médio foram submetidos apenas à prova objetiva, com duração de três horas e meia (3h30).

As provas objetivas de ambos os cargos foi composta de 120 questões na modalidade certo ou errado.

Houve ainda teste de Aptidão Física para o cargo de Técnico Judiciário – área: Administrativa – especialidade: Segurança que consistiam em barra, impulsão horizontal e corrida de doze minutos.

O que estudar

Para o Cargo de Analista JudiciárioÁrea Judiciária as matérias foram: Língua Portuguesa; Noções de Informática; Atualidades; Organização da Justiça Militar da União; Código de Ética dos Servidores da Justiça Militar da União; Regimento Interno do STM; Direito Penal Militar; Direito Processual Penal Militar; Direito Penal; Direito Processual Penal; Direito Constitucional; Direito Administrativo; Direito Civil e Legislação Especial.

Os candidatos ao cargo de Analista Judiciário – Área Administrativa foram submetidos aos conhecimentos de Língua Portuguesa. Noções de Informática. Atualidades. Organização da Justiça Militar da União. Código de Ética dos Servidores da Justiça Militar da União. Noções de Administração Financeira e Orçamentária. Noções de Administração Patrimonial e de Materiais. Noções de Administração de Recursos Humanos. Administração Pública: Planejamento e Gestão. Direito Administrativo. Direito Constitucional e Noções de Matemática Financeira.

Aquele que optou pelo cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa teve seu conhecimento testado em Língua Portuguesa; Noções de Informática; Atualidades; Organização da Justiça Militar da União; Código de Ética dos Servidores da Justiça Militar da União; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Administrativo; Noções de Arquivologia; Relacionamento Interpessoal; Ética no Serviço Público; Qualidade no Atendimento ao Público; Trabalho em Equipe.

Veja as tabelas de estudos para o cargos

concurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário area administrativaconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário area administrativaconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário area administrativaconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário revisor de textoconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário revisor de textoconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário revisor de textoconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário área judiciáriaconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário área judiciáriaconcurso STM 2018 tabela de estudos analista judiciário área judiciáriaconcurso STM 2018 tabela de estudos técnico administrativo área administrativaconcurso STM 2018 tabela de estudos técnico administrativo área administrativaconcurso STM 2018 tabela de estudos técnico administrativo área administrativa

Comentários