Milhares de pessoas que desejam crescer finaceiramente abraçam o projeto dos estudos. Neste artigo, você aprenderá como estudar para concurso público

Por: | 27 de janeiro de 2017|Artigos|

Como estudar para concurso público

Como estudar para concurso público? Você deve estar se perguntando justamente isso agora! Acertei? 😉

Fique tranquilo, milhares de pessoas têm essa dúvida! Aliás, milhões, pois todo mundo um dia teve seu pontapé inicial.

E não vale dizer que existe uma fórmula mágica ou um guia definitivo! Até porque, nada mais nesta vida será definitivo desde o advento da Internet!

Tudo muda rápido, e como muda rápido! Numa velocidade que a gente até se espanta, né? E cada um de nós mudamos também, rapidamente, ligeiramente, na velocidade dessa ‘tal’ internet que a cada momento nos apresenta uma proposta diferente, uma ferramenta nova!

E não seria diferente com o mundo dos concursos!

Vez ou outra me deparo com pessoas que me perguntam como estudar para concurso público. E, numa síntese, posso dizer que a palavra que vem à mente é dedicação. O resto a gente vai aprender a adaptar-se! Costumo dizer, em muitos casos, que estudar para concurso é um projeto de vida adaptável.

O candidato deve ter organização e disciplina, além de foco, é claro, para que a aprovação tenha um caminho mais curto.

E você ainda está aí, cheio de dúvidas, não é? Normal! Vem comigo que você vai se dar bem!

Ah, mas antes, deixe-me perguntar algo importante: você sabia que existe um podcast de conteúdo para concursos? Olha que legal! Você pode ouvir o nosso QC Cast onde e quando quiser. Clique aqui

Neste nosso bate-papo você vai descobrir dicas práticas!

Como estudar para concurso público

Atualmente, existem várias possibilidades de estudos e você pode escolher a que melhor se adapta. Cada um tem sua maneira própria de conduzir o ciclo da preparação. Assim, o que vale pra uma pessoa pode não servir para a outra.

O importante é testar e perceber como estudar para concurso público e qual a melhor forma e aquela que se encaixa ao seu perfil e disponibilidade.

Curso presencial ou online?

Oooops, depende! Depende do que você está disposto.

Apesar da facilidade da era digital, ainda tem gente que prefere um curso preparatório presencial.  Talvez pelo contato ao vivo e em cores com professores especializados, com os seus “concorrentes” que sempre estarão estimulando os seus estudos ou por algum outro motivo pessoal.

Mas, posso garantir-lhe que a parcela de estudantes que frequentam um curso presencial é  infinitamente menor do que a grande comunidade que está na rede! E vou mais longe, com alguns anos de experiência nesse mercado, já vi muita gente que tinha ojeriza pela Internet a se ‘converter’ a essa modalidade.

Com a era digital e seu crescimento exponencial, grande parte tem optado pela modalidade online na qual também existe muita interação e mais agilidade. Tudo o que você precisa está a um clique! Vamos entender o crescimento online que está ocorrendo no mundo dos concursos?

Crescimento online

É assustador o crescimento da comunidade concurseira online e, consequentemente, das empresas que oferecem ferramentas para concursos que têm se reinventado para conquistar os estudantes que optam por essa modalidade. Assim, pela internet, é possível encontrar uma movimentação muito maior e fatores capazes de instigar você a estudar.

Mas, atenção! Há de se ter muito cuidado com os ‘aventureiros’ ou mesmo ‘piratas’ que podem colocar seu plano por água abaixo com conteúdo desqualificado, viu?

Por isso, é sempre bom consultar, ver o que a comunidade indica. Porque hoje os consumidores são os donos da era digital e eles sabem o que é melhor!

Comunidade Concurseira que cresce

A comunidade concurseira virtual tem crescido freneticamente e a troca de informação é substancial entre pessoas que estudam para concursos.

Você pode ter uma ideia desse enorme crescimento pela comunidade de concurseiros do Qconcursos.com que, hoje, em 2017, aproxima-se dos cinco milhões de estudantes. Arrisco-me a dizer que, bem provavelmente, seja a maior comunidade concurseira do país!

Sem contar com as inúmeras possibilidades de ferramentas que a Internet nos apresenta a cada dia! É uma constante inovação! Tudo para você estar o mais bem equipado o possível para vencer. Quer alguns exemplos bem legais?

Podcast – uma maneira bem legal de você ouvir conteúdo na hora que você quiser e onde estiver, por exemplo, no seu carro, no ônibus ou metrô, correndo, limpando a casa, lavando louça, ou simplesmente de pernas pro ar! Quer ver como é show? Clique aqui para escolher um para ouvir.

Infográficos – Nossa! É muito legal você visualizar o conteúdo que você estuda de maneira bem lúdica, né? É uma possibilidade de fazer ‘links’ no seu cérebro em relação a um determinado assunto e ajudá- lo a assimilar melhor aquilo que foi estudado. Olhe que bacana são nossos esquemas. Clique aqui

Um curso preparatório, para o concurseiro iniciante, é fundamental para que ele entenda como estudar as matérias de forma otimizada e dirigida para os concursos.

Estudar sozinho ou não?

Estudar é difícil, sozinho então, pode atrasar um pouquinho mais se você não conhecer os atalhos importantes para isso! Estudar sozinho é para o candidato que já possui uma maturidade e sagacidade na preparação para concursos e tem um bom planejamento.

A troca de informação sempre é favorável para acrescentar aos estudos. Uma dica aqui de um concurseiro mais experiente, outra dica ali, e você vai colocando tudo na sacola e depois passa pelo funil, para filtrar só aquilo que é mais relevante para a sua preparação.

Sabe algo muito legal que acontece por aqui na comunidade do QC? Os comentários das questões! Já reparou que sempre tem um grupo focado naquele assunto, trocando ideias e informações que, no final de tudo, somam para o seu conhecimento?

Enquanto a maturidade nos estudos não chega, um curso preparatório proporcionará outra visão do processo e poderá acelerar seus estudos. Porém, é essencial estudar muito, independentemente da modalidade escolhida.

Organização e disciplina

Não! Definitivamente, não é fácil! Mas, esses são fatores essenciais para que deseja ter bom êxito no objetivo de ser classificado em um concurso. E você vai precisar aprender a de que forma conjugar essa dupla imprescindível para o seu sucesso!

Primeiramente, você precisa criar uma tabela de estudos e planilhar todas as suas ações.

Vamos supor que seu foco seja o Ministério Público da União – MPU! Aliás, um excelente concurso, viu?! Mas, então, seguindo esse exemplo, você precisará antes de tudo olhar para o último concurso para ter um norte na sua preparação:

  1. Qual foi a banca organizadora do concurso na época?
  2. Quais foram as matérias cobradas?
  3. Quais os tópicos de cada matéria?
  4. Quais os índices de cobrança de cada matéria na prova?Ou seja, o que mais foi cobrado.

Bom, diante dessas informações, você terá um direcionamento e já saberá como e por onde começar a estudar: pelo último concurso!

Mas, e se a banca mudar quando o edital sair?

Não tem problema algum! Não pense que você perdeu tempo estudando para o concurso dos seus sonhos por uma banca que nem sequer será a organizadora do próximo concurso! Conteúdo adquirido será sempre em benefício do seu aprendizado. Nunca ninguém roubará isso de você!

Você precisava de uma direção para tirá-lo da inércia, certo? Então, agora, é só redirecionar os estudos para a banca que foi escolhida para organizar o seu concurso!

Coloque na cabecinha que o mais importante foi que você aprendeu a se organizar, adquiriu um ‘baita’ de um conhecimento que ninguém vai tirar do seu cérebro e que ajustar-se é a parte mais fácil! Os conteúdos dificilmente são modificados com alta relevância. O que pode acontecer é a substituição de alguma disciplina por outra, ou até mesmo a inclusão de mais disciplinas. Mas, isso, você vai tirar de letra!

Xô, dispersão!

É comum a gente se pegar pensando em outra coisa no meio dos estudos! ‘Perai’, é comum para quem tem déficit de atenção! E, isso, precisa ser muito bem trabalhado para que ele não atinja seu objetivo principal. Dispersar-se é extremamente negativo para os estudos! Mas, então como resolver isso?

Simples! Primeiro você precisa conhecer o seu limite e aprender a respeitá-lo. É importante observar quanto tempo consegue ficar ‘ligado’ em um assunto. Quando você começar a desviar a atenção é hora de parar. E, assim, você vai organizando os seus estudos em doses homeopáticas, porém de qualidade e em cima daquilo que faz você sentir-se confortável.

Se você só consegue ficar preso a um assunto por meia hora, será assim a sua preparação: a cada meia hora será necessário dar uma parada. Mas, atenção, pare apenas por 10 ou 15 minutos no máximo. Não se esqueça de que você criou uma meta diária e precisa cumpri-la.

Se você fizer isso, não se sentirá cansado ou mesmo enfadado e, então, se desligará dos estudos!

Ainda mais quem não tem o tempo a seu favor! Tempo é um bem precioso quando falamos em estudar para concursos.

Tá, mas então, como administrar o meu tempo?

Não se apavore! Se você tem muito ou pouco tempo, é possível administrá-lo de forma a obter qualidade na preparação.

Já vi pessoas com muito tempo que não souberam administrar e no final fez foi uma boa ‘lambança’nos estudos. Como também, já vi muitas outras, e muitas mesmo, que fizeram um ‘milagre’ com o pouco tempo disponível e conseguiram a aprovação. Mas, não é bem um ‘milagre’ e , sim, uma organização do seu precioso tempo!

Eu sei que no comecinho é bem doloroso e cansativo, dá vontade de desistir, a gente pensa que vai surtar, não é? Mas, se você lançar mão de estratégias certas, de ‘guerra’ mesmo, conseguirá se defender de si mesmo. Ah, e não se esqueça de que só você pode se boicotar.

Leia mais um pouquinho sobre como administrar o seu tempo. Clique aqui

Compromisso com a aprovação

Não se esqueça nunca de que você, como candidato, deve ter o compromisso com a sua aprovação e, dessa forma, ter sempre em mente a busca constante para o seu aperfeiçoamento e por resultados cada vez melhores.

Trace o seu caminho de forma madura e consistente. Crie metas possíveis de serem alcançadas. Construa os alicerces para não ser derrubado por qualquer sopro.

As adversidades virão, mas se você se mantiver no foco, aconteça o que acontecer e nada poderá derrubá-lo ou tirá-lo do caminho!

Ninguém disse que seria fácil! Mas, pode ser bem menos doloroso se encarado com maturidade!

Treinamento, treinamento, treinamento e treinamento de questões

Obaaaa! Chegamos na parte mais agradável do seu roteiro de estudos ;)! Depois de ganhar ‘massa muscular’ para o seu cérebro com a teoria, nada melhor do que ‘estufar o peito’ e mostrar que você tá tudo, heim? Claro que está! Por isso o treinamento é tão importante.

Veja bem, se você acabar de consumir um volume de conhecimento e logo treinar, a probabilidade de acertar questões é muito alta, pois tudo está bem fresquinho aí dentro da cachola. E é isso! Uma das estratégias é ganhar auto – confiança! Você acerta, fica feliz, confiante e vai atacar mais. Correto? Isso mesmo!

Por isso, eu indico que esse treinamento seja concomitantemente com a parte teórica. Dessa forma: estudou um tópico de uma disciplina, antes de mudar de tópico faça o máximo de questões que puder. E assim por diante. Combinado? Depois você me conta se não deu super certo! 😉

Simulados e mais simulados

Ah, isso é muito, mas muito importante mesmo! É como se fosse o termômetro da sua preparação.

Os simulados são a oportunidade de você descobrir seus ‘calcanhares de Aquiles’ e ajustar no que mais aperta.

A gente até personalizou um cartão – resposta bem legal para você. Clique aqui para baixá-lo

Passei! Posso parar de estudar?

Tenha sempre a máxima de que você deve “estudar até passar e não para passar”. Já ouviu isso em algum lugar, né? Justamente! É meio chavão, mas foi o que eu encontrei pra dar-lhe um recadinho direto. E será sempre atual essa frase!

Então, de maneira alguma pare de estudar quando vir seu nome no Diário oficial como um dos classificados! Temos um bom caminho até aparecer o seu nome como nomeado, viu? Então, continue a estudar!

Até porque, se o concurso para o qual você passou não foi seu objetivo final, você deve continuar na preparação até conquistá-lo.

Uma vez, e  aconteceu comigo mesma, alguém bem sábio me disse: se acostumar a estudar é muito difícil, mas desacostumar-se é algo extremamente fácil!

Então, não dê essa brecha ao azar! Se você parar porque as festas de fim de ano estão chegando e será uma pausa de apenas uma semana, logo, você vai pensar que não custa nada parar um mês para aproveitar as férias de janeiro! E , se o carnaval vier logo em fevereiro, não custa nada esperar a folia passar, né? E nessas ‘desculpinhas’ que muita gente se atola e não volta nunca mais a estudar!

Como eu disse anteriormente, começar a estudar é muito difícil. Você precisa até de um ‘Guia Prático’ como esse para ajudá-lo a ajustar-se, não é! Mas, você conhece algum ‘Guia Prático’ para aprender a deixar de estudar? Não e nunca verá!

Hora da Ação!

Agora é só ‘botar as mãos na massa’ e fazer dessa sua decisão de estudar para concursos a mais proveitosa o possível!

Estaremos aqui torcendo por você e loucos para escrever a sua história! 😉 Ah, e por falar em histórias, se você clicar aqui conhecerá pessoas que um dia passaram por esse mesmo caminho que você está agora e conquistaram suas vagas. Vale a pena ler!

Ah, depois desse nosso bate – papo aqui, eu gostaria muito que você deixasse suas impressões nos comentários. Se foi útil para você e sugerisse temas que possamos trazer aqui para ajudá-lo cada vez mais.

E se tiver algum erro, me ajuda aí e notifique para que eu possa fazer um trabalho cada vez melhor para você, combinado!

Bons estudos!

Beijos da Cláudia Jones do Qconcursos.com

Estude pelo Qconcursos.com e saia na frente na sua preparação