6 truques para memorizar melhor o que você aprende

Início » Destaque » 6 truques para memorizar melhor o que você aprende
By | 2018-04-30T10:48:31+00:00 30 de abril de 2018|Destaque|

Finalmente sai o edital de um concurso público que você estava esperando. Você corre para ver as matérias exigidas e se depara com aquela lista enorme. Bate o desespero e logo vem a sensação de que o tempo não será suficiente para absorver todo o conteúdo. Quem nunca, né?

Essa sentimento é normal entre os concurseiros. Mesmo que cada um tenha sua rotina e seu método de estudos, algumas dicas podem ajudar na memorização dos conteúdos.

Conversamos com o coach Felipe Lima, autor do livro Mapas Mentais e Memorização para Concursos, e separamos 6 truques para você memorizar melhor o que aprende. Anote!

Resolver questões logo no primeiro minuto de estudos

Assim que terminar de estudar um tema ou matéria específica, resolva questões sobre o assunto. Colocar em prática o que você aprendeu ajuda a desenvolver a memória – e ainda é menos desgastante do que ficar lendo muitas e muitas vezes o mesmo texto. O Qconcursos.com tem mais de 750 mil questões para você treinar e ativar a memorização de seus estudos para concursos.

Fazer mapas mentais

Se você ainda não conhece esse método de estudo – que ajuda muito a memorizar o conteúdo aprendido -, primeiro entenda o que é e como funciona. Mapa mental é um diagrama que conecta informações em volta de um tema central.

O método foi criado com base no funcionamento do cérebro, que guarda com mais facilidade informações organizadas por meio de desenhos simples e palavras-chaves, que, juntos, sintetizam todo um conteúdo.

Para fazer um mapa mental:

  • Separe uma folha grande e canetas ou lápis de diversas cores
  • Coloque o tema principal no centro da folha (escreva ou desenhe)
  • A partir do tema, puxe assuntos que se liguem a ele e assim por diante

O importante é não escrever frases longas e focar em usar apenas desenhos e palavras-chave, que são mais fáceis de serem memorizadas pelo cérebro.

Criar associações e vínculos

Acontecimentos absurdos são memorizados com mais facilidade. Por exemplo: se você vir um encontro de bruxas voadoras certamente se lembrará do local, o que estava fazendo lá, a reação das pessoas… Então crie ligações e vínculos absurdos. Uma dica do especialista é fazer associações com coisas que causem nojo, humor ou vulgaridade.

Gravar áudio com o conteúdo que acabou de aprender

Depois de estudar um assunto e resolver questões, grave áudios breves com uma explicação do que acabou de aprender. Uma dica do coach Felipe Lima é puxar o ar até encher o pulmão; depois é só gravar um resumo curto do conteúdo estudado enquanto expira. Quando acabar de soltar o ar, o áudio deve acabar também. Que tal aproveitar para repassar a matéria com suas gravações sempre que tiver um tempo livre? =)

Cuidar da imunidade emocional

De acordo com Felipe, a ansiedade detona a concentração e, consequentemente, o aprendizado e a memorização. “A ansiedade é a causa e consequência de tudo que dá errado em termos de estudo, ela destrói tudo”, disse ele. Se a imunidade emocional de um concurseiro está ruim, qualquer questionamento, dúvida ou mesmo um elogio podem ser entendidos como pressão. Se acalmar e controlar a ansiedade são fundamentais para memorizar o conteúdo estudado.

Estude feliz

Tudo que acontece em nossas vidas quando estamos em um momento de alegria acaba sendo bem memorizado. Com os estudos não é diferente: estude sem raiva, medo, culpa e impaciência – seus sentimentos precisam estar equilibrados para sua memória ser ativada com sucesso.

 

Para saber mais sobre o tema, relembre nosso QC Cast especial com dicas de Leitura Dinâmica e Memorização. Clique aqui para escutar!

Comentários